Raio-x digital: quais são os benefícios da prática para clínicas médicas

por maislaudo / Há 6 meses
vantagens do raio x digital

O uso da tecnologia incorporada à medicina é uma prática cada vez mais comuns nas clínicas médicas. Dentre as inúmeras práticas inovadoras, uma delas têm ganhado destaque no setor em todo o mundo: a emissão de raio-x digital.

Cada vez mais popular em instituições de saúde, a radiografia digital traz inúmeros benefícios para a gestão hospitalar. Como por exemplo, a agilidade no atendimento, a melhoria na qualidade dos exames, assim como a redução de custos gerenciais.

Mas, você sabe exatamente como funciona o raio-x digital? E quais são os motivos que fazem com que ele se torne uma vantagem competitiva para clínicas médicas? É o que vamos apresentar no texto a seguir. Confira!

Diferenças entre o raio-x digital e convencional

Os princípios são os mesmos no raio-x digital e tradicional. A grande diferença está no modo como os raios que atravessam a matéria são capturados e processados para que se tenha acesso à imagem.

Na radiografia convencional essa emissão é feita através de placas de filme que deverá passar por uma revelação para ter acesso à imagem. Enquanto isso, no raio-x digital não há necessidade de utilização de filme ou revelação.

Podemos comparar o raio-x digital e o analógico com as fotografias comuns. Antigamente as máquinas fotográficas funcionavam através do uso de filmes, que precisavam ser revelados para gerar acesso às imagens registradas.

O mesmo processo acontece com a radiografia tradicional. E, assim como aconteceu na fotografia a era do digital veio para simplificar e agilizar essa dinâmica.

Como funciona o raio-x digital?

Como dissemos anteriormente, durante a radiologia digital não há necessidade de utilização de placas de filme, nem de sua revelação.

O exame é processado através de uma placa de circuitos sensíveis à radiação, que irão gerar uma imagem digital que será então enviada para um computador em forma de sinais elétricos.

Imagem esta que será armazenada em arquivos digitais, podendo ser facilmente compartilhada com o paciente, assim como para outros especialistas.

Além disso, também há a opção de imprimir o exame sem perda alguma da qualidade do documento original.

Existem dois tipos distintos de raio-x digital. Conheça quais são:

  • Raio-x digital direto: o processo é realizado sem a necessidade de intervenção humana. Ou seja, durante a elaboração do exame a chapa enviará automaticamente as imagens para o computador.
  • Raio-x digital indireto: os raios x são capturados por uma placa de fósforo, que deve ser escaneada para que então a imagem seja enviada para o computador.

Os benefícios da utilização do raio-x digital

Maior qualidade

As imagens digitais possuem maior qualidade, há maior nitidez, contraste e diferenciação mais evidente de contraste. Dessa forma, otimiza-se a visualização do exame, deixando-o bem mais preciso.

Existe também a possibilidade de manipulação nas imagens dos exames para que se consiga uma melhor visualização. Como por exemplo, aumentar ou diminuir o contraste, pode-se remover alguma estrutura, enfim, diversas opções com o intuito de otimizar a visão da lesão.

Resultado mais ágil

O resultado da imagem é bem mais ágil com o raio-x digital. Logo, a análise do quadro do paciente é mais imediata, o que beneficia o tratamento e recuperação do mesmo.

Mais seguro

Quando realizado o exame de raio-x digital o paciente é exposto à níveis menores de radiação, o que representa uma maior segurança tanto para o paciente, quanto para o médico.

Menos prejudicial ao meio ambiente

Na elaboração do exame de raio-x convencional faz-se o uso de filmes que contém produtos químicos tóxicos, que são prejudiciais ao meio ambiente.

O uso deste material não é necessário durante o raio-x digital, tornando-o, portanto, uma solução mais ecologicamente correta.

Redução de custos

Não há necessidade de contar com um especialista in loco para realizar a avaliação dos exames, o que pode gerar uma economia considerável para sua clínica. O exame de raio-x digital pode ser facilmente compartilhado com profissionais que estejam em outros locais que podem realizar essa avaliação com a mesma confiabilidade.

Integração com outros sistemas

O raio-x digital também pode ser integrado com outras ferramentas que objetivam a otimização da gestão hospitalar. Como a emissão de laudos à distância, por exemplo.

Uma vez que a imagem do exame é processada ela pode ser automaticamente enviada para uma plataforma de emissão de laudos à distância. Esta empresa terceirizada, por sua vez, irá repassar o exame para o especialista da área, que será responsável pela elaboração do laudo médico.

A Mais Laudo oferece o serviço de laudos à distância, que serão entregues em até 12 horas. Além disso, contamos com uma equipe de profissionais especializados que vão garantir a segurança dos exames. Faça um teste gratuito e confira você mesmo as funcionalidades da plataforma!

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Como resolver a bitributação em clínicas médicas

Uma das maiores dificuldades de empreender no Brasil é a carga tributária. O país é um dos que mais arrecadam impostos no mundo. O que muitos gestores não sabem é que estão sofrendo com a bitributação em clínicas. Isso mesmo! Muitas clínicas estão perdendo dinheiro a cada paciente atendido por pagarem impostos em duplicidade sobre […]
LEIA MAIS

A importância da segurança da informação em clínicas médicas

O ambiente da saúde lida diariamente com as informações mais importantes que uma pessoa possui, que são as do bem-estar próprio. Com tanta responsabilidade, é de suma importância investir em formas de manter esses dados seguros, mais ainda com a popularização da disponibilização dos prontuários pela Internet. A segurança da informação em clínicas médicas é um […]
LEIA MAIS