fbpx

Médico empreendedor: 6 dicas de como se tornar um na prática

por maislaudo / Há 2 meses
Médico com tablet nas mãos no artigo "Médico empreendedor"

Hoje em dia para ter uma clínica ou consultório médico bem sucedido é preciso ir além e se tornar um médico empreendedor. Ou seja, não basta apenas ser um profissional de qualidade, é importante ter noções de empreendedorismo e gestão para ter um negócio de sucesso. 

Preparamos algumas dicas básicas de como você pode ser um médico empreendedor na prática. Confira! 

Por que ser médico empreendedor? 

É importante entender que, uma clínica ou consultório médico é um negócio como outro qualquer. Logo, para fazer com que ele seja bem sucedido você precisa entender e aplicar conceitos de gestão e administração em sua rotina.

São essas noções que vão ajudá-lo (a) a ter uma visão mais estratégica do seu negócio. E com isso, você será capaz de ser mais assertivo em suas ações, possibilitando mais e melhores resultados. 

Como ser um médico empreendedor na prática? 

Um médico empreendedor precisa saber como organizar os processos e finanças do seu negócio. Além de ter noções de gerenciamento de pessoas, dentre outros conceitos importantes de administração. 

Se você quer entender como empreender na área da saúde, fizemos uma lista por onde você pode começar: 

  • Faça cursos de empreendedorismo e gestão;
  • Defina a sua área de atuação e entenda qual é o seu público-alvo;
  • Tenha processos bem definidos;
  • Utilize a tecnologia como suporte;
  • Faça um acompanhamento da gestão financeira;
  • Invista em divulgação.

Ainda ficou confuso? Então continue a leitura que vamos explicar cada um desses pontos a seguir. 

1. Invista em conhecimento

Na maioria das faculdades de medicina os profissionais de saúde não têm contato direto com conceitos de empreendedorismo. Logo, quando se formam e precisam abrir seu próprio consultório, muitos têm dificuldade em gerir corretamente o negócio.

Por isso, o mais indicado é investir em cursos voltados para a área de administração. Esse conhecimento será importante para alcançar os resultados almejados.

Você pode buscar cursos de conceitos mais gerais que vão abordar temas de gestão, liderança, finanças, etc. Ou então em cursos já direcionadas para administração na área da saúde.

2. Entenda o seu mercado 

É claro que o mais importante é ainda a qualidade do serviço oferecido na área da saúde. Entretanto, com o mercado cada vez mais competitivo, você não pode se dar ao luxo de ignorar o poder de uma boa administração. 

Logo, um dos pontos mais importantes ao abrir seu negócio é entender seu mercado e seu público-alvo. Com isso, você será capaz de ser mais assertivo em suas ações. 

Faça, portanto, pesquisas de mercado, entenda onde está o seu público e escolha uma localização estratégica para abrir seu consultório. 

– Confira no nosso blog algumas dicas de como abrir um consultório médico.

3. Tenha processos bem definidos

Um médico empreendedor precisa entender que um negócio deve ter processos bem definidos para ser eficiente em sua rotina. 

Processos nada mais são que a padronização de uma atividade, ou seja, um passo a passo. Quando eles são bem sistematizados, contribuem para que a empresa tenha maior controle das etapas de produção.

Além disso, os processos vão ajudar na otimização da produtividade da equipe. Assim como para determinar um direcionamento mais estratégico para as atividades assistenciais, cirúrgicas e administrativas da rotina médica. 

4. Utilize a tecnologia

Utilizar recursos tecnológicos hoje em dia, é essencial para quem vai começar a empreender. Afinal, esses recursos servem para otimizar e simplificar a rotina de diversas formas. 

Por exemplo, o médico empreendedor pode utilizar softwares de gestão on-line e/ou aplicativos médicos para mapear melhor seus processos. 

Além disso, você pode contar também com os prontuários eletrônicos para reduzir a burocracia no dia a dia da sua clínica. Outro recurso que agrega inúmeros benefícios para a área da saúde é a telemedicina, mais precisamente, com o serviço de emissão de laudos a distância

– Confira no nosso blog 5 vantagens de emitir laudo a distância na sua clínica médica.

Banner no artigo "Médico empreendedor" para a emissão de 3 laudos grátis

5. Invista em divulgação 

Sua clínica deve ser pensada como um negócio qualquer, logo a divulgação é parte fundamental do processo para atrair pacientes. 

Você deve, portanto, criar estratégias de marketing assertivas, que vão contribuir para divulgação e atração de novos pacientes, mantendo sempre a credibilidade e responsabilidade, característica essencial no setor da saúde. 

– Confira no nosso artigo “Marketing na área da saúdealgumas dicas de como se planejar e as principais estratégias de marketing para a área da saúde.

6. Gestão financeira

Além da importância de cuidar da saúde de seus pacientes, o médico empreendedor precisa também cuidar da saúde financeira da sua clínica. 

Como qualquer empresa, nas instituições de saúde há também a necessidade de cuidar do setor financeiro, visto que esta parte é a responsável por toda a movimentação da estrutura da empresa.

A gestão financeira deve ser realizada de maneira minuciosa, e caso não haja os devidos cuidados, a clínica poderá ter sérios problemas

Preocupe-se com a estruturação de um fluxo de caixa organizado, categorizando os gastos detalhadamente. Tenha um planejamento financeiro realista e certifique-se de fazer o devido acompanhamento da situação financeira da instituição para evitar imprevistos.

– Veja no nosso artigo “Como fazer planejamento financeiro para a área médica“, algumas dicas para a sua clínica ou consultório.

Banner no artigo "Médico empreendedor" para o e-book "4 passos para diminuir os custos na sua clínica"

OUTRAS PUBLICAÇÕES

3 dicas para otimizar a gestão de clínica de medicina do trabalho

Otimizar a gestão de uma clínica de medicina do trabalho é uma tarefa que exige conhecimentos técnicos e gerenciais específicos. Se, por um lado, deve-se prezar pela assistência de qualidade ao paciente, por outro a preocupação é com a implantação de serviços efetivos. O equilíbrio entre as duas demandas garantirá uma percepção positiva dos indivíduos em […]
LEIA MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *