fbpx

Aprenda a escolher um aparelho de Holter para seu consultório ou clínica

por maislaudo / Há 1 ano
aparelho de Holter

O aparelho de Holter é um importante instrumento para o diagnóstico de uma série de doenças cardíacas. Por isso, é fundamental realizar uma escolha assertiva de um equipamento que vá oferecer resultados confiáveis e com o máximo de qualidade. 

Nós vamos te ajudar nessa missão. Ao longo deste artigo você vai entender melhor as características desse exame e conferir dicas de como escolher o seu aparelho de Holter. Continue lendo e fique por dentro! 

O que é o exame de Holter? 

O Holter é um tipvo de eletrocardiograma de longa duração. Usado para diagnosticar especialmente arritmias cardíacas, uma vez que registra os batimentos cardíacos em um longo intervalo de tempo.

Para realização do exame de Holter é utilizado um equipamento portátil, que fica acoplado ao corpo do paciente por 24 horas. Este aparelho irá medir a atividade elétrica do coração do paciente, e deverá identificar possíveis alterações como palpitações, desmaios, dentre outros distúrbios.

Ele pode também identificar alterações nos batimentos cardíacos, comportamento do coração em síncopes, presença de isquemia cardíaca e o estado geral do sistema condutor cardíaco.

Ao final das 24 horas, o aparelho é retirado do paciente e encaminhado ao médico cardiologista, que fará a avaliação da atividade registrada.

Quando o exame Holter é indicado?

O exame é recomendado quando há queixa de tontura, palpitação e falta de ar. Trata-se de uma prática muito útil no diagnóstico de isquemias silenciosas, comuns em pacientes diabéticos, por exemplo.

Além disso, a sua realização é indicada em casos mais específicos, tais como:

  • pacientes já diagnosticados com alguma arritmia cardíaca, para acompanhamento e avaliação da eficácia da medicação antiarrítmica;
  • pessoas que apresentam palpitações ou perdas de consciência;
  • monitoração cardíaca após infarto do miocárdio;
  • monitoração cardíaca após cirurgias cardíacas;
  • portadores de marcapasso.

Não há nenhuma contraindicação para a realização do exame, visto que ele não tem nenhum risco associado. No entanto, alguns pacientes podem apresentar sensibilidade aos adesivos dos eletrodos, sendo recomendada a não exposição ao sol por 3 a 5 dias.

Leia também: Exames MAPA e Holter são a mesma coisa? Saiba aqui!

Quais os diagnósticos possíveis com o exame?

O exame é capaz de detectar problemas no ritmo cardíaco, bem como alterações que não ocorrem durante uma consulta médica.

Assim, ele reconhece a aceleração ou desaceleração dos batimentos — taquicardia e bradicardia — além da extrassístole, que é o distúrbio provocado pela contração precoce do ventrículo. Quanto às doenças cardíacas, podem ser diagnosticadas pelo Holter:

  • fibrilação atrial;
  • taquicardia paroxística supraventricular ou taquicardia multifocal;
  • bradicardia (motivo para desmaios);
  • isquemia cardíaca (carência de oxigênio no músculo cardíaco, podendo indicar angina ou infarto do miocárdio).

Além disso, como já mencionado, ele é também utilizado para avaliar a eficácia do tratamento dos problemas do ritmo cardíaco.

Entenda como é o funcionamento do exame

A realização do procedimento requer alguns cuidados especiais para que se garanta um exame de qualidade e sem interferências.

O número de eletrodos acoplados varia de acordo com o modelo, podendo ser de 3 a 8. Eles são dispostos para captar a atividade elétrica em diferentes pontos do coração.

Essa etapa do procedimento dura em torno de 15 minutos. Todos os eletrodos são conectados por fios a um receptor, que fica preso em um cinto ou pode ser levado no bolso.

O paciente é orientado a registrar o horário das atividades realizadas durante o dia e o horário no qual sentir quaisquer sintomas, montando uma espécie de diário do exame. Esses registros são comparados à atividade elétrica registrada pelo Holter.

Após o término das 24 horas, o paciente retorna à clínica para a retirada do aparelho e dos eletrodos — o que dura, em média, 5 minutos. Os dados coletados são transferidos para um computador para posterior análise médica.

Dicas para escolher o seu aparelho de Holter

A escolha de um aparelho de Holter depende de vários fatores, incluindo:

  1. Necessidade de uso: Certifique-se de que o aparelho atenda às suas necessidades médicas específicas, como monitoramento cardíaco prolongado, monitoramento da função respiratória ou monitoramento ambulatorial da pressão arterial;
  2. Comodidade: Escolha um aparelho de Holter que seja confortável e fácil de usar durante o período de monitoramento;
  3. Qualidade: É fundamental optar por um equipamento de marca confiável com boa qualidade e precisão;
  4. Preço: Considere seu orçamento e compare preços de diferentes aparelhos antes de tomar sua decisão;
  5. Recursos adicionais: Alguns aparelhos oferecem recursos adicionais, como capacidade de transferir dados para o dispositivo móvel ou software de análise. Escolha um aparelho com recursos adicionais que sejam úteis para sua instituição de saúde.

Abaixo listamos algumas opções famosas de aparelhos de Holter presentes no mercado. Falamos sobre suas características e diferenciais. Confira: 

Gravador Holter Nomad – Micromed

Gravador digital para registro da atividade elétrica do coração durante 24, 72 e 48 horas. Veja algumas de suas características de acordo com a fabricante: 

  • Cabo: 5 vias;
  • Canais: 3;
  • DICOM: Sim;
  • Diferenciais: Apnéia do Sono e Marcapasso em todas as gravações;
  • Visualização da qualidade do sinal: Software – Monitor NOMAD;
  • Resolução Digital: 256 amostras/s por canal;
  • Telemedicina: Sim;
  • Fonte de Alimentação: 1 pilha AA;
  • Tempo de Gravação: 24, 48 ou 72h;
  • Tipo de memória: Cartão de memória;
  • Dimensões do equipamento: 1,5 x 7 x 8 cm;
  • Utiliza Cartão Próprio: Não.

CardioSeven – Holter marca Cardios

É um dos aparelhos de Holter mais modernos do mercado. Tem capacidade para gravação contínua por 7 dias de 3 canais de ECG, sendo movido a pilha AAA alcalina. 

De acordo com a fabricante, suas funcionalidades incluem: 

  • Aquisição de sinal de 800 pontos por segundo com processamento em tempo real (DSP);
  • Circuito de detecção de marcapasso;
  • Relógio interno incorporado;
  • Transmissão via raios infravermelhos possibilitando a monitorização do paciente na instalação do gravador ou a qualquer momento para verificação do sinal;
  • Alarmes luminosos e sonoros;
  • Emissor – Receptor infravermelho;
  • 3 anos de garantia (não inclui acessórios) e suporte técnico permanente.

Como a telemedicina ajuda a otimizar a realização do exame de Holter? 

A presença de um cardiologista nos quadros fixos de uma clínica representa um alto custo, além de ser difícil em lugares remotos. No entanto, é possível oferecer o exame de Holter mesmo que não haja um médico especialista contratado para realizar os laudos.

Com a ajuda da internet, a telemedicina possibilita que as informações registradas no Holter sejam avaliadas por médicos que não necessitam estar fisicamente na clínica, emitindo laudos a distância. Sendo assim, um técnico treinado para operar os aparelhos e uma boa conexão garantem a segurança, agilidade e qualidade dos resultados.

Tudo isso sem que a clínica precise ter uma estrutura completa de cardiologia. Essa medida reduz custos, gera economia e possibilita o acesso ao exame por muito mais pacientes.

Na Mais Laudo você recebe seu laudo online de Holter em até 24 horas úteis após cadastro do exame em nossa plataforma. Clique na imagem abaixo e solicite um orçamento para comprovar todas as vantagens do serviço. 

– Leia também: Laudo de Holter a distância: como funciona e principais benefícios

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Aprenda a escolher um aparelho de EEG para seu consultório ou clínica

O aparelho de EEG é o dispositivo utilizado para avaliar a atividade elétrica do cérebro, examinando a normalidade cerebral quanto à intensidade e regularidade dos impulsos emitidos. Sendo assim, o equipamento é fundamental para o diagnóstico médico na neurologia.  Mas, você sabe como escolher um aparelho de eletroencefalograma? O que deve ser avaliado durante a […]
LEIA MAIS

Você sabe como escolher bons fornecedores para sua clínica?

O momento de escolher fornecedores para a sua clínica deve ser de grande atenção. É nessa hora que uma boa pesquisa prévia faz diferença em todo o futuro compartilhado com esse parceiro. Conhecê-lo a fundo é a chance que você tem de fechar uma ótima parceira. Como sabemos que os fornecedores são essenciais para que […]
LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *