fbpx

O que o PACS traz de benefícios para os serviços de saúde?

por maislaudo / Há 5 meses
o que é sistema pacs

De um modo geral, a tecnologia impacta positivamente na excelência dos serviços na área da saúde. Desde o trabalho do médico até o atendimento ao cliente, todo o processo é beneficiado por ela. Neste sentido, um dos principais avanços na área da saúde foi a criação do sistema PACS.

No setor de diagnóstico por imagem, poder contar com um sistema eletrônico de armazenamento, visualização e elaboração de laudos médicos facilita o dia a dia, aumenta a produtividade e a segurança. Os PACS (Picture Archiving and Communication System), que, em português, significa Sistema de Comunicação e Arquivamento de Imagens, trazem essa proposta.

Neste artigo vamos falar mais sobre os PACS, suas vantagens e implantação. Boa leitura!

O que são PACS?

Sua principal função é armazenar imagens e fazer a comunicação entre os setores de clínicas, hospitais e centros de diagnósticos. Um PACS deve assistir todo o fluxo, desde a obtenção do exame, passando pelo processo de laudo e diagnóstico até o monitoramento.

Como funcionam?

Os PACS possuem multiplicidade de dispositivos, a começar pelas modalidades que podem ser: tomografia computadorizada, ultrassom, ressonância magnética e outras.

Geralmente, as modalidades enviam as imagens para a estação de trabalho, onde são conferidas. Esse passo é importante para certificar que as informações estão corretas. Após essa verificação, as imagens serão armazenadas.

O arquivo, contendo as imagens e informações, fica disponível nas estações de trabalho de leitura, onde o radiologista realiza os estudos do paciente, formulando o diagnóstico.

Possui interfaces semelhantes às da web e utiliza a internet ou rede privada como meios de comunicação entre os computadores da unidade.

O padrão DICOM

O desenvolvimento do padrão DICOM (Digital Imaging and Communications, que em tradução significa Comunicação de Imagens Digitais em Medicina) foi o principal pontapé para a criação do sistema PACS.

Sua criação tinha como principal intuito a padronização do armazenamento de imagens médicas nos meios digitais. Isso porque, antes de seu desenvolvimento, haviam diferentes protocolos para fabricantes distintos, o que impedia a troca de informações entre aparelhos de concorrentes.

Portanto, a implementação de um padrão de qualidade de imagens abriu caminho para o surgimento do PACS, sistema que faria o arquivamento, compartilhamento e integração dessas imagens eletrônicas de diferentes ambientes da instituição de saúde.

Formato DICOM: entenda o que é e quais são seus benefícios

Passo a passo do funcionamento do PACS

  1. As imagens são captadas pelos equipamentos de radiologia da clínica (Ressonância Magnética, Tomografia, etc)
  2. O exame de imagem é enviado para que seja armazenado no PACS. O envio deve ser feito com base em um protocolo de transferência, sendo este determinado pelo formato das imagens, que podem ser DICOM, HL7, dentre outras.
  3. O exame fica disponível no sistema PACS, permitindo dessa forma que o médico faça possíveis anotações ou atualizações neste documento de forma online ou em estações de trabalho offline.
  4. Uma vez armazenados em um sistema PACS, o exame estará disponível para visualização tanto do médico quanto do paciente.

Quais as vantagens do PACS?

Ter um PACS traz eficiência e a melhora no atendimento, como um todo. A seguir, vamos listar os benefícios de tê-lo em sua clínica:

1. Organização e agilidade

Os exames podem ser organizados de acordo com o tipo, data ou paciente e armazenados digitalmente em um só lugar. Assim, fica mais rápido encontrá-los.

2. Mais segurança

Diminui o risco de perda dos exames, evitando que tenham que ser repetidos. Além disso, vale ressaltar que o sistema PACS armazena todos os documentos de forma criptografado e o acesso somente é permitido através de um login e senha previamente cadastrados.

3. Facilidade no acesso às imagens

Os profissionais da equipe interna podem ter acesso ao arquivo de qualquer computador da unidade quando for necessário — antes ou durante uma consulta ou procedimento, por exemplo.

4. Maior produtividade

A facilidade de acesso pelos computadores evita o deslocamento dos profissionais, ganhando tempo e rapidez no serviço. Além disso, as imagens podem ser visualizadas na tela do computador logo após a realização do exame, fazendo com que o radiologista não perca tempo esperando.

5. Melhora na elaboração de laudos

As imagens têm maior resolução, o que ajuda o médico na elaboração dos laudos e diagnóstico.

6. Redução de custos

Com a visualização em tela e o arquivamento digital, a impressão de filmes radiológicos é — praticamente — eliminada, diminuindo os custos da clínica. Assim como, reduz a necessidade de espaço físico para o armazenamento.

Relação entre o sistema PACS e a Telemedicina

Uma das vantagens do sistema PACS é a possibilidade de integração com plataformas de telemedicina. Ou seja, os exames armazenados no sistema podem ser facilmente compartilhados com empresas que prestam serviços de laudo à distância, por exemplo.

O processo é simples e rápido. Basta enviar o exame diretamente do PACS para a central de uma empresa de telemedicina, como a Mais Laudo. Esta, por sua vez, encaminhará as imagens para um especialista, que será responsável pela elaboração do laudo médico. Em até 24 horas o resultado estará disponível na plataforma.

Como implantar o sistema PACS?

O primeiro passo é fazer a concepção do projeto, a análise do fluxo de trabalho e o desenho da solução, comparando-se com os concorrentes, evitando possíveis erros já cometidos por eles.

A instalação, configuração, avaliações, migrações de dados e interligações dos aparelhos e equipamentos, devem ser feitas por um provedor de soluções de TI que possua experiência nesse ramo e reconhecimento no mercado. Portanto, qualquer erro, nessa parte, pode comprometer o funcionamento do sistema e o processo de trabalho.

O treinamento da sua equipe de profissionais pode levar algum tempo e, por isso, é importante que seja realizado por treinadores competentes. Uma equipe que saiba utilizar a tecnologia com desenvoltura é fundamental para o sucesso do funcionamento do sistema.

Como vimos, o PACS é um grande aliado para aumentar a qualidade, reduzir custos e modernizar os serviços de saúde. Portanto, implantar esse tipo de sistema na sua clínica pode ser um bom negócio!

Quer saber mais sobre as novidades do nosso blog? Assine a nossa newsletter!

https://materiais.maislaudo.com.br/fale-com-um-consultor?utm_source=CTABlog

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Mercado de saúde: confira 4 tendências em 2017

Grande parte das tendências no mercado de saúde para 2017 tem a ver com a tecnologia. como a telemedicina – ou a capacidade de atendimento em qualquer localidade – vieram para ficar em consultórios médicos e hospitais. Outras mudanças, como a desospitalização (movimento que incentiva tempo de internação menor oferecendo suporte para continuidade do tratamento […]
LEIA MAIS

Como investir em tecnologia na saúde para sua clínica?

A tecnologia da informação implantada nas clínicas de medicina ocupacional deve ser sempre considerada como um investimento. Isto porque algumas tecnologias utilizada nos serviços de saúde podem atrair novos clientes e favorecer o crescimento da empresa. Porém, essa implantação deve ser pensada de forma estratégia para não comprometer o fluxo de caixa já existente. A tecnologia na saúde […]
LEIA MAIS

5 motivos para terceirizar serviços em uma clínica médica

A necessidade das empresas focarem e investirem em suas principais atividades (atividades-fim), sem que haja perda a qualidade nas atividades secundárias (atividades-meio), fez com que a terceirização de serviços tenha se tornado uma escolha cada vez mais frequente e há muitos anos se mostra vantajosa tanto no cenário nacional quanto internacional. Mesmo sendo uma prática […]
LEIA MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *