Mamografia digital: como funciona e quais suas vantagens

por maislaudo / Há 1 ano

A mamografia digital é uma evolução tecnológica que traz benefícios clínicos, assistenciais e econômicos para os gestores de uma clínica. Essa técnica promove melhorias nas imagens, detecção detalhada das nuances patológicas e rapidez no diagnóstico.

Além disso, a realização do exame tende a ser mais rápida se comparada à versão tradicional, o que pode ampliar o número de atendimentos, gerando, assim, maior produtividade da empresa. Isso porque a mamografia digital funciona da mesma maneira que a versão radiológica, porém, o processamento das imagens é diferente, conferindo mais agilidade durante o procedimento.

Ficou interessada no assunto e  quer saber mais sobre os benefícios da mamografia digital? Então não perca as informações que daremos a seguir!

Menor dor e desconforto ao paciente

A mamografia, apesar de sua importância para detecção precoce de anormalidades mamária, é um exame doloroso para as pacientes. A compressão das mamas, ainda que por poucos minutos, faz com que muitas mulheres adiem o procedimento.

Em vista disso, a mamografia digital possibilita que o exame seja feito em menor tempo, pois a ferramenta consegue fazer uma varredura completa das mamas e identificar as possíveis anormalidades rapidamente.

Dessa forma, as mulheres que necessitam fazer o rastreamento mamográfico anual, ou aquelas que demandam por exames periódicos para avaliar o prognóstico do câncer identificado, podem sentir menos desconforto.

Redução do tempo de exposição à radiação

A evolução da técnica mamográfica reduziu significativamente a quantidade de radiação emitida durante o procedimento, o que tornou essa estratégia ainda mais segura para o paciente.

Isso se deve à reformulação do processo de captação de imagens, feita por meio de detectores eletrônicos que convergem à radiação em sinais elétricos. Essa vantagem também propicia a visualização do exame em computadores devido à compatibilidade com essa tecnologia.

Sendo assim, os resultados dos exames podem ser armazenados eletronicamente, permitindo o compartilhamento das imagens com outros especialistas, e visualizando com mais atenção os diversos ângulos gerados durante o procedimento.

Melhoria no diagnóstico do paciente

As principais entidades médicas recomendam a triagem do câncer e outras anormalidades a partir dos 35 anos, ou antecipadamente, caso sejam detectados fatores de riscos.

Em qualquer uma das situações clínicas citadas, a mamografia digital é indicada, devido à alta especificidade do exame de detectar pequenas alterações, facilitando a intervenção médica.

Para se ter uma ideia, um estudo sobre a efetividade dos métodos usados demonstrou que a versão digital pode detectar até 43% mais neoplasias de mama no mundo e, com isso, prevenir a morte das pacientes que iniciam tardiamente o tratamento por falta de recurso mais moderno.

A mamografia digital é um equipamento efetivo para diagnóstico e acompanhamento da terapia do câncer de mama, e têm muitos benefícios em relação a sua versão radiológica. As vantagens de sua implantação trazem menor desconforto ao paciente, mais precisão no prognóstico, produtividade nas atividades da clínica, além da baixa exposição radiológica.

E você, quer ficar por dentro de assuntos clínicos de qualidade? Então não deixe de curtir nossa página no Facebook para saber das novidades em primeira mão!

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Agenda médica online: conheça como funciona e suas vantagens

Muitas pessoas não gostam de realizar agendamentos médicos por meio do telefone e, por isso, grande número dos pacientes demoram a ligar para as clínicas para marcar ou desmarcar os seus horários. Com isso, foi criado a agenda médica online para solucionar esse problema. Essa plataforma é uma grande auxiliadora para os médicos e dentistas, pois promove […]
LEIA MAIS

Exame Holter: entenda para que esse exame serve e como funciona

As arritmias cardíacas envolvem um conjunto de problemas na atividade elétrica do coração, ocasionando assim uma frequência cardíaca anormal — seja irregular, acelerada ou lenta. Sua ocorrência está relacionada com diversas complicações cardíacas e sistêmicas, requerendo um diagnóstico precoce para que o tratamento necessário seja instituído. Os protocolos de atendimento de arritmias devem incluir meios para um diagnóstico eletrocardiográfico seguro […]
LEIA MAIS

Entenda como funciona o teste ergométrico

O teste ergométrico é um exame bastante comum que serve para avaliar o funcionamento cardiorrespiratório durante o esforço físico. Durante o exame, é feito o registro do eletrocardiograma e da pressão arterial, além de serem observados o comportamento da frequência cardíaca e a ocorrência de possíveis sintomas. Dessa maneira, trata-se de um exame essencial para […]
LEIA MAIS