fbpx

7 indicadores de desempenho essenciais para clínicas e consultórios

por eDialog / Há 1 mês
indicadores de desempenho

Identificar e acompanhar os indicadores de desempenho é fundamental para manter a competitividade de qualquer negócio, inclusive de clínicas e consultórios médicos. 

Afinal, eles ajudam a dar mais assertividade para as decisões, além de incentivarem a melhoria contínua dos processos. 

No texto a seguir, vamos apresentar tudo o que você precisa saber sobre indicadores de desempenho para clínicas médicas. Continue lendo e fique por dentro.

O que são indicadores de desempenho?

Também conhecidos como KPIs (Key Performance Indicator, que em tradução livre significa Indicador-Chave de Desempenho), eles são utilizados como forma de monitorar os resultados em diferentes áreas, como produção, finanças, gestão, entre outras. 

Essas métricas indicam o desempenho constante de um negócio, de modo que tem-se uma análise quantitativa e qualitativa das ações realizadas. Sendo assim, é possível fazer ajustes nas estratégias sempre que os números apresentarem qualquer problema. 

Indicadores-chave para clínicas médicas 

Primeiramente, é importante identificar quais são as métricas mais importantes para ficar de olho. Listamos abaixo alguns dos KPIs considerados mais estratégicos para instituições de saúde. Confira! 

Taxa de permanência

Esse indicador diz respeito ao tempo em que o paciente se mantém frequentando as consultas. Ou seja, está relacionado à continuidade do tratamento. 

Muitas especialidades, como a cardiologia e psiquiatria, por exemplo, requerem um acompanhamento com certa frequência. Logo, é importante monitorar se os pacientes estão retornando como deveriam. 

Observar a taxa de permanência é de suma importância pois ela pode indicar uma série de problemas, como insatisfação com o atendimento, por exemplo. 

Net Promoter Score (NPS)

O NPS é o indicador de desempenho que vai avaliar o nível de satisfação dos pacientes com a clínica ou consultório médico. 

Todo negócio deve avaliar se o seu cliente está satisfeito com os serviços oferecidos, e isso é especialmente importante em uma área como a da saúde, que lida com questões sensíveis e muito pessoais. 

Esse KPI nada mais é do que uma pesquisa que pode ser aplicada com os pacientes de tempos em tempos e deve questioná-los sobre a probabilidade deles indicarem seus serviços. 

As notas vão de 0 a 10 e a partir delas os pacientes serão classificados como detratores, neutros e promotores. 

O resultado do NPS de seu negócio é subtração da porcentagem de promotores pela de clientes detratores. 
NPS

Tempo de espera 

Um dos motivos de maior insatisfação relatados por pacientes sobre instituições médicas é o longo tempo de espera para receber atendimento. 

Por isso, é importante ficar de olho nesse indicador, de modo a controlar esse fator que pode transformar os pacientes em detratores. 

Atrasos são comuns em qualquer tipo de serviço, porém, você pode utilizar estratégias para evitá-los, como por exemplo, colocar alguns minutos de tolerância para eles. 

Para acompanhar o tempo de espera, você deve solicitar que a secretária/recepcionista registre o horário que os pacientes chegam à clínica, assim como a hora em que eles são atendidos. 

O mais indicado é que o tempo de espera não ultrapasse 15 minutos. 

Leia também: LGPD na saúde: o que é e quais os seus principais impactos

Cancelamentos 

É importante ficar de olho na quantidade e motivos dos cancelamentos. Se frequentes, eles também podem indicar alguma falha no atendimento ou irregularidades na gestão de relacionamento. 

Muitas vezes o paciente falta à consulta por esquecimento. Portanto, uma estratégia-chave em instituições médicas é a solicitação de confirmação no dia anterior. Isso pode ser realizado através de mensagens via SMS ou WhatsApp, por exemplo. 

Retorno sobre o investimento (ROI)

É preciso também ficar de olho na saúde financeira da sua clínica médica e o ROI é um dos indicadores mais importantes para acompanhar. Ele vai relacionar  a quantia investida para a execução de determinada tarefa/projeto com o retorno financeiro obtido com isso. 

Por exemplo, digamos que você invista uma certa quantia em um novo equipamento de raio-x. Logo, com o tempo, você deve analisar qual retorno esse investimento irá trazer para a clínica. 

Para chegar ao resultado é realizado o seguinte cálculo: 

Receita – Custo/Custo x 100

Ainda de acordo com o exemplo, vamos supor que o equipamento tenha custado R$50.000 e ele tenha gerado um retorno financeiro de R$100.000 em um ano. Logo, seu ROI será de:

100.000 – 50.000/50.000 x 100 = 100% de ROI

Ticket médio

Outro indicador de desempenho financeiro importante é o ticket médio. Ele determina o valor médio gasto por cada paciente em uma consulta. 

Portanto, todo o valor investido em infraestrutura, equipamentos e pessoas devem ser considerados na hora de fazer esse cálculo. 

O cálculo é o seguinte: soma do valor total dos atendimentos e divisão pela quantidade de pacientes atendidos. 

Produtividade

Os processos na clínica rodam de forma adequada? É possível otimizá-los? Isso pode ser respondido ao analisarmos alguns indicadores de produtividade e eficiência. 

Aqui serão analisados todos os procedimentos realizados até o atendimento, como agendamento da consulta, envio de exames e de receitas, entre outros. 

Veja alguns pontos importantes para observar nesse sentido: 

  • Quantidade de pacientes atendidos por cada profissional; 
  • Tempo gasto nas consultas; 
  • Tempo entre realização de exames e entrega dos resultados. 

Quando detectado algum processo lento, a clínica pode buscar alternativas como o investimento em laudos à distância, por exemplo. Afinal, ao terceirizar esse serviço sua clínica torna-se mais produtiva e eficiente. 

Faça um teste gratuito conosco e veja como é simples. 

OUTRAS PUBLICAÇÕES

7 dicas de contabilidade para clínicas e consultórios médicos

Ter um bom controle financeiro é essencial para todo tipo de negócio, inclusive para o setor da saúde. Por isso, gestores devem ficar atentos quanto ao planejamento de contabilidade para clínicas médicas.  Afinal, esse controle e acompanhamento financeiro é fundamental para que o negócio funcione de forma sustentável e lucrativa. Com isso estruturado, a clínica […]
LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.