fbpx

Imperícia médica: como evitar a ocorrência na sua clínica ou consultório?

por maislaudo / Há 1 ano
Imperícia médica: como evitar a ocorrência na sua clínica ou consultório?

A imperícia médica é um tipo de erro cometido por um profissional da saúde em decorrência do seu desconhecimento teórico ou prático. Por exemplo, pode ser um médico ou enfermeiro que não forneça o diagnóstico ou tratamento correto.

É um ato que pode ter graves repercussões para os doentes, incluindo danos físicos, incapacidade, morte e perdas financeiras causadas por cuidados médicos a longo prazo.

Dadas as suas potenciais consequências, é importante que os profissionais de saúde pensem em formas de reduzir os riscos destes problemas nas suas clínicas ou consultórios.

A imperícia médica pode ser evitada com alguns cuidados, mas infelizmente ainda ocorre com frequência. Neste artigo, vamos falar mais sobre esse tipo de erro médico.

Continue a leitura e confira:

  • Tipos de erros médicos
  • Exemplos de imperícia médica
  • Dicas para diminuir os riscos de imperícia médica em clínicas e hospitais 
  • Emissão de laudos à distância: forma ágil para fornecer diagnósticos precisos

Tipos de erros médicos

Para aprofundar-se na imperícia, é preciso antes entender que existem três tipos gerais de erros médicos: a negligência, a imprudência e a imperícia. Basicamente observa-se o nível de cuidado dado pelo profissional ao seu paciente em cada um deles:

1. Negligência

A negligência médica é a forma mais comum de erro médico, o que significa que um profissional de saúde falhou na prestação de cuidados adequados devido a não seguir as normas ou protocolos estabelecidos.

Nestes casos, há o descaso ou a omissão por parte do profissional quando ele não fornece o padrão de cuidados razoavelmente esperado no seu campo, resultando em danos ou lesões para o paciente.

2. Imprudência

Já a imprudência médica é o resultado de uma decisão médica incorreta tomada pelo profissional de saúde.

Pode ser que o médico tomou determinada ação tendo total ciência dos riscos, mas optou por agir sem cautela. Há também exemplos nos quais o médico escolhe antecipar ou atrasar algo sem necessidade.

3. Imperícia

Finalmente, a imperícia médica, como citado, significa que um médico forneceu um tratamento ou diagnóstico inadequado devido à falta de conhecimento ou experiência.

Não dominar alguma teoria ou prática pode ser sobre, por exemplo, não saber qual protocolo deve ser seguido ou o efeito de determinado tratamento. Ou, ainda, a respeito de não conhecer certas técnicas que deveriam ser aplicadas, o que resultará em danos ao paciente.

– Leia também: Entenda a Lei do Ato Médico e o que ela prevê

Exemplos de imperícia médica

Agora que já ficou claro que esse tipo de erro acontece devido a um desconhecimento teórico e/ou prático do profissional da saúde, confira alguns dos principais exemplos de imperícia médica que ocorrem em clínicas médicas e hospitais:

  • Diagnósticos e tratamentos errados, que levam a erros na dosagem de medicamentos e prescrição de medicamentos inadequados;
  • Técnica médica imprópria: quando um profissional de saúde não utiliza técnicas apropriadas durante uma cirurgia ou outros procedimentos médicos. Exemplos incluem deixar instrumentos dentro de uma cavidade corporal após a cirurgia, realizar operações desnecessárias, ou fazer uma incisão incorreta durante a cirurgia;
  • Cuidados de acompanhamento inadequados: quando um profissional de saúde não monitora devidamente o progresso do paciente após a conclusão do tratamento ou quando são tomados medicamentos prescritos. Exemplos incluem não pedir testes que revelariam quaisquer complicações ou não monitorização do estado de um paciente após a alta hospitalar;
  • Falta de comunicação: quando não há discussão suficiente entre o doente e o prestador de cuidados de saúde. Exemplos incluem não informar devidamente o doente de todos os riscos associados a um determinado procedimento, não dar informação suficiente sobre alternativas, ou simplesmente não ouvir as preocupações do doente.

Dicas para diminuir os riscos de imperícia médica em clínicas e hospitais 

  1. Assegurar que o pessoal médico tenha os conhecimentos e aptidões necessárias para desempenhar as suas funções com precisão e exatidão;
  2. Ter políticas adequadas para tratar de erros médicos que possam ocorrer na prática, tais como um sistema de notificação de erros de rastreio ou protocolos para os tratar adequadamente;
  3. Revisar recentemente o doente durante a sua estadia no hospital, para identificar potenciais erros;
  4. Fornecer formação regular ao pessoal e criar sistemas que permitam às equipas médicas partilhar informação e corrigir erros o mais rapidamente possível;
  5. Investigar quaisquer incidentes relatados de negligência ou imprudência, com medidas tomadas para evitar que se repitam no futuro;
  6. Rever regularmente protocolos e processos dentro da clínica ou hospital, incluindo registros de doentes e outra documentação médica, para assegurar a exatidão e o cumprimento das melhores práticas;
  7. Desenvolver uma cultura de responsabilização em que os erros são abertamente discutidos como parte de um esforço para aprender com eles em vez de culpar indivíduos por erros;
  8. Estabelecer canais de comunicação claros entre os membros do pessoal para que estes possam rapidamente fazer perguntas quando necessário. A má comunicação é uma das causas mais comuns de erros médicos e casos de negligência médica. Para evitar que isto aconteça, é importante que todos na equipa estejam na mesma página quando se trata de diagnóstico e planos de tratamento. Isto inclui ter procedimentos claros em vigor e certificar-se de que todos os membros estão cientes das mesmas informações;
  9. Seguir os protocolos estabelecidos: Protocolos estabelecidos deve ser seguidos em cada fase do processo, desde o diagnóstico até ao tratamento. Isto inclui a encomenda dos testes e exames adequados, a documentação adequada dos resultados, o acompanhamento com os pacientes, se necessário, e assegurando que todos os tratamentos são realizados de acordo com as normas de cuidados aceites.

– Leia também: Comunicação médico-paciente: entenda sua importância

Emissão de laudos à distância: forma ágil para fornecer diagnósticos precisos

Dentro de uma política de maior agilidade e facilidade na comunicação entre os times a Mais Laudo pode auxiliar com diagnósticos precisos e de qualidade:

  • Agilidade na entrega dos resultados: as empresas especializadas na emissão de laudos online contam com uma equipe de especialistas preparados para atender a sua demanda em menos de 24 horas. É possível também solicitar a priorização de exames que exigem maior urgência, estes podem ser emitidos em menos de uma hora.
  • Garantia de qualidade: nosso sistema fornece laudos emitidos à distância desenvolvidos por médicos especialistas que vão garantir a qualidade e maior eficiência dos diagnósticos.

Solicite um teste grátis em nossa plataforma e veja como o seu estabelecimento pode ser beneficiado com a telemedicina.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Saiba como fazer o fluxo de caixa da sua clínica médica

A boa gestão de sua clínica médica deve estar pautada na correta implementação e uso de ferramentas que possam organizar suas finanças e ainda fornecer dados para o processo de tomada de decisão. Dentro deste contexto está o fluxo de caixa que desempenha papel vital para a saúde e o bom desempenho financeiro de qualquer […]
LEIA MAIS

5 dicas para aumentar o lucro de uma clínica médica

Administrar o seu próprio consultório ou clínica geralmente não é uma tarefa tão simples como parece em um primeiro momento, principalmente se levarmos em conta que a maioria das faculdades de medicina do país pouco ou quase nada trabalham questões relacionadas ao empreendedorismo ou administração de empresas. Por esse motivo, elencamos 5 dicas para que você […]
LEIA MAIS

5 motivos para terceirizar serviços em uma clínica médica

A necessidade das empresas focarem e investirem em suas principais atividades (atividades-fim), sem que haja perda a qualidade nas atividades secundárias (atividades-meio), fez com que a terceirização de serviços tenha se tornado uma escolha cada vez mais frequente e há muitos anos se mostra vantajosa tanto no cenário nacional quanto internacional. Mesmo sendo uma prática […]
LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *