Exame polissonografia: entenda para que serve e como funciona

por maislaudo / Há 2 semanas
exame polissonografia

O exame polissonografia, popularmente conhecido como exame do sono, tem sido cada vez mais requisitado em instituições de saúde. O exame tem objetivo de detectar uma série de distúrbios do sono. 

Mas você sabe como é o procedimento em um exame de polissonografia? Quais são as recomendações para o paciente? O que exatamente deve ser analisado durante a realização do exame? Vamos esclarecer essas e outras dúvidas no texto a seguir. Continue a leitura e descubra. 

O que é o exame polissonografia? 

É um exame não invasivo que tem objetivo de diagnosticar uma série de distúrbios durante o sono. Como o próprio nome já diz, para que seja possível diagnosticar essas alterações no sono do indivíduo são realizados uma série de exames durante a noite. 

Os teste que são feitos durante o sono vão examinar a movimentação do corpo nesse período. Ou seja, serão medidas as atividades respiratórias, muscular, cerebral, dentre outros aspectos da pessoa durante as horas de sono. 

Como é o procedimento do exame de polissonografia? 

O exame polissonografia é realizado durante a noite, enquanto a pessoa estiver dormindo. Para que seja possível analisar o comportamento da pessoa neste período, são colocados aparelhos que serão capazes de registrar as ondas cerebrais. 

Assim como, registrar também o nível de oxigênio no sangue, frequência cardíaca, respiratória e também o movimento dos olhos e pernas durante o estudo. 

O médico é quem deve fazer a avaliação do quadro do paciente para verificar o que exatamente deverá ser analisado. Alguns exames que podem compor a polissonografia são: Eletroencefalograma (EEG), Eletrocardiograma (ECG), Eletromiograma (EMG), oximetria de pulso, dentre outros. 

O exame polissonografia é indicado para pessoas que apresentam sintomas como: apneia obstrutiva do sono, síndrome das pernas inquietas, distúrbios respiratórios, sonolência diurna, cansaço excessivo durante o dia etc. 

Recomendações para a realização do exame 

Antes do exame polissonografia o paciente deve seguir determinadas recomendações, são elas: 

  • Não pode ter ingerido café ou qualquer outra substância que contenha cafeína na composição, como refrigerantes, por exemplo, nas 24 horas que antecedem o exame. 
  • O paciente não pode ter ingerido bebidas alcoólicas por pelo menos 48 horas anteriores ao exame.
  • Se o paciente estiver com febre, gripado ou com tosse, recomenda-se que o exame polissonografia seja remarcado para um momento mais adequado. 
  • A pele deve estar limpa, sem maquiagem, óleo ou qualquer tipo de creme. 
  • O couro cabeludo deve estar limpo, de preferência que tenha sido utilizado um shampoo neutro. 
  • Não pode ser utilizado nenhum tipo de creme ou cosmético. 
  • Não é recomendado o uso de esmalte escuro nas unhas

Como a telemedicina pode auxiliar na realização do exame de polissonografia 

A análise de um exame polissonografia é um tanto complexa, devido às inúmeras investigações que são feitas ao mesmo tempo. É a partir dos resultados de todos esses exames em conjunto que será possível chegar ao diagnóstico final do paciente. 

Ou seja, esse processo de análise pode ser um pouco mais trabalhoso para o profissional da saúde. E, muitas vezes, as instituições de saúde não contam com uma equipe qualificada o suficiente para revisar todos os resultados. 

Logo, a telemedicina aparece como melhor solução. Ao terceirizar o serviço de emissão de laudos médicos, a clínica tem um ganho considerável na agilidade do atendimento ao paciente. Por exemplo, a Mais Laudo entrega os resultados dos exames em até 24 horas para a clínica. 

Otimiza-se o processo e ainda há uma economia, uma vez que a instituição não precisará contar com um corpo médico exclusivo in loco. Clique na imagem abaixo e faça um teste grátis na nossa plataforma para testar nossas funcionalidades. 

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Exame Holter: entenda para que esse exame serve e como funciona

As arritmias cardíacas envolvem um conjunto de problemas na atividade elétrica do coração, ocasionando assim uma frequência cardíaca anormal — seja irregular, acelerada ou lenta. Sua ocorrência está relacionada com diversas complicações cardíacas e sistêmicas, requerendo um diagnóstico precoce para que o tratamento necessário seja instituído. Os protocolos de atendimento de arritmias devem incluir meios para um diagnóstico eletrocardiográfico seguro […]
LEIA MAIS

Saiba como funciona e para que serve a radiologia

A radiografia — também conhecida como raio-x — é um exame realizado quando há suspeitas de fratura, para diagnosticar algumas doenças dos órgãos ou para detectar problemas nas articulações. A tecnologia atual em radiologia conta com exames de alta precisão, com imagens que podem ser visualizadas tridimensionalmente. Neste post selecionamos algumas informações sobre como a […]
LEIA MAIS

Entenda como funciona o teste ergométrico

O teste ergométrico é um exame bastante comum que serve para avaliar o funcionamento cardiorrespiratório durante o esforço físico. Durante o exame, é feito o registro do eletrocardiograma e da pressão arterial, além de serem observados o comportamento da frequência cardíaca e a ocorrência de possíveis sintomas. Dessa maneira, trata-se de um exame essencial para […]
LEIA MAIS