fbpx

O que é comodato de telemedicina? Confira os prós e contras dessa modalidade

por maislaudo / Há 2 meses
comodato de telemedicina

Entender o que é comodato de telemedicina e quais são as vantagens de sua implantação são pilares fundamentais na administração clínica. Isso porque essa solução possibilita modificações assistenciais e administrativas significativas.

Nesse sentido, as clínicas podem oferecer cada vez mais serviços em um só lugar, optando pelo comodato de telemedicina como forma de viabilizar a assistência diagnóstica e terapêutica de forma eficiente.

Com a inserção do pacote de serviços que associa infraestrutura e tecnologia, o comodato de aparelhos médicos surge como uma solução que beneficia pacientes por meio da telessaúde.

Quer saber mais sobre o que é comodato e suas principais implicações? Então, não deixe de ler este post! Vamos apresentar quais são os prós e contras da implementação dessa modalidade de locação de equipamentos médicos. Confira!

O que é comodato de telemedicina?

Em termos jurídicos, o comodato é o empréstimo gratuito de coisas que não podem ser substituídas por outras semelhantes. Para tanto, são descritas as funcionalidades do aparelho bem como as formas de uso.

O comodato já é largamente utilizado em outros setores, como nas áreas de informática e telecomunicações, e atualmente vem se popularizando no setor de saúde como uma alternativa para clínicas e hospitais.

Diversos equipamentos médicos podem ser adquiridos em sistema de comodato, tais como bombas de infusão, holter, eletrocardiógrafo e outros. Aliado à telemedicina, o comodato oferece às empresas contratantes o serviço de emissão de laudos médicos à distância e outras funcionalidades.

Como a telemedicina está em expansão, o comodato de aparelhos será uma tendência para os próximos anos. Principalmente porque as instituições de saúde estão se equipando para receber tecnologias mais eficazes.

Como funciona o regime de comodato?

Ao contrário da compra desses aparelhos médicos, que demanda um investimento alto, a locação em comodato permite à clínica disponibilizar o procedimento aos seus pacientes rapidamente.

Em geral, os contratos contemplam um tempo de adequação, treinamento da equipe e divulgação dos serviços antes do primeiro pagamento. Com isso o capital de giro do negócio acaba sendo poupado. Isso configura uma das primeiras vantagens dessa implantação.

Além disso, a clínica pode agendar a permanência do equipamento de acordo com a demanda. Caso não haja procura para determinado exame que justifique sua permanência, é possível abrir a agenda para aquele procedimento apenas em determinados dias da semana e ter o aparelho em comodato somente nesses dias.

Junto com o aluguel, a empresa adquire um pacote de serviços associados, que incluem desde treinamento e manutenção das máquinas, com substituição quando necessário, à emissão de laudos dos exames realizados. 

Dessa maneira, a clínica fica dispensada da necessidade de contratar um especialista, já que contará com um remotamente, sempre que precisar.

Aos comodatários cabe conservar o equipamento e usá-lo conforme estabelecido em contrato, além de arcar com as despesas de utilização, como energia, insumos, e outros custos inerentes à rotina dessa tecnologia.

Quais são os principais prós e contras do comodato via telemedicina?

As vantagens de adotar os equipamentos via telemedicina são inúmeras, impactando a gestão da clínica e o atendimento e beneficiando profissionais de saúde, empreendedores e pacientes.

Entretanto, também é preciso avaliar quais aspectos podem ser negativos nesse tipo de contrato. Afinal, quais podem ser as desvantagens da locação de equipamentos médicos por comodato? 

Continue a leitura e confira quais são os principais prós e contras dessa modalidade de negócio para clínicas de saúde: 

Vantagens do comodato via telemedicina 

Ter um especialista para fazer os laudos

Ao contar com um especialista remoto para a elaboração dos laudos, a clínica economiza e pode reinvestir em outras tecnologias ou modificações na infraestrutura física.

Além disso, permite que sejam oferecidos exames específicos em áreas remotas, em que não há disponibilidade de determinados especialistas, aumentando o acesso da população aos serviços de saúde.

No entanto, para a realização de exames torna-se necessária a presença do técnico de enfermagem treinado e, em algumas situações, o médico, que poderá investigar as nuances patológicas com um olhar clínico mais apurado.

Facilidade de comunicação entre paciente e especialista

Os equipamentos em comodato podem facilitar significativamente a relação terapêutica, na medida em que agilizam o processo por meio de diálogos em tempo real e diminuição das dúvidas pertinentes.

Sendo assim, na ocasião de uma consulta presencial com a participação online de especialistas, a implantação do plano de cuidados será mais completa para o paciente, além de dirimir todos os questionamentos durante esse encontro.

Integração com o sistema de clínicas

A integração dos dados clínicos com as informações dos pacientes é fundamental para que o gestor médico analise as melhores opções terapêuticas e cirúrgicas. Isso porque essa conciliação facilita a visualização do histórico clínico e medicamentoso e dos resultados atuais.

Sendo assim, equipamentos tecnológicos que são compatíveis com os softwares clínicos devem ser preferidos em detrimento dos que não permitem essa opção, principalmente aqueles que forem adquiridos via comodato.

Baixo custo operacional

Os equipamentos adquiridos em regime de comodato são excelentes opções para análise de viabilidade na empresa. Dessa forma, os gestores podem analisar as mudanças gerenciais e financeiras relacionadas a essa tomada de decisão ou optar por alternativas mais interessantes.

Ademais, os comodatários percebem a redução de custos por meio de indicadores de efetividade. Tais como: aumento da demanda por consultas e procedimentos e redução de custos operacionais e pessoais, resultando em maior sustentabilidade financeira da instituição.

Desvantagens do comodato via telemedicina

Há riscos de quebra de contrato

O serviço de locação de equipamentos médicos via comodato é um contrato temporário que está sujeito a quebras de compromisso. E também a possíveis desgastes na relação com a empresa de telemedicina contratante.

Ou seja, a mesma pode não oferecer um serviço de manutenção dos equipamentos de forma adequada ou atrasar na entrega dos aparelhos e também dos laudos médicos.

Por esses motivos, é fundamental que se, sua clínica decida fechar um contrato de comodato via telemedicina, seja feita uma busca minuciosa por uma empresa confiável.

Pesquise bem antes de fechar o negócio e certifique-se de que sua clínica terá todas as garantias de que seja cumprido aquilo que foi acordado em contrato.

Burocracia envolvida

Como em toda e qualquer negociação, o contrato de comodato via telemedicina envolve burocracias que podem travar de alguma forma o acesso aos equipamentos. Antes de assinar o contrato é preciso estabelecer todas as exigências legais, direitos e deveres de ambas as partes.

Essa burocracia não acontece quando se opta pela compra de equipamentos, por exemplo. A única tarefa da sua clínica é fazer uma pesquisa de preços e qualidade dos aparelhos, para então decidir onde comprá-los.

É exigido um bom controle financeiro

Se a sua clínica passa por instabilidades financeiras, a modalidade de locação por comodato deve ser muito bem planejada. Afinal, você será obrigado a arcar com um custo mensal para manter os equipamentos no local.

Além disso, o comodato pode ter custos variáveis, uma vez que envolve também a demanda de emissão de laudos médicos de diferentes especialidades.

Pode representar um maior gasto

Primeiramente é preciso avaliar a demanda que sua clínica terá para determinado aparelho. Se o mesmo for de uso recorrente, pode não ser tão interessante fechar um serviço por comodato, e sim, analisar a aquisição do aparelho.

O pensamento nesse caso pode ser seguinte: Sua clínica fecha um pacote de emissão de laudos com uma empresa de Telemedicina. Você paga um valor mensal pelo aparelho, que te dá direito a uma quantia de exames por mês. A partir do momento que essa quantia de exames for ultrapassada, um valor extra será cobrado por cada exame adicional.

Saiba mais sobre o serviço de comodato via telemedicina com a Mais Laudo

Saber o que é comodato e suas implicações para uma instituição são fatores fundamentais no processo decisório do gestor.

Envolve a escolha da tecnologia mais adequada ao perfil da clínica, análise do contrato de comodato, além de levantamento dos benefícios observados em curto, médio e longo prazo e capacidade de modificar as estratégias em casos de insucesso.

Além da utilização em clínicas e hospitais, o comodato de telemedicina é uma especialidade reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina.

Agora que já se convenceu sobre a importância dos equipamentos em sua clínica, entre em contato conosco e veja como é possível implantá-los em seu negócio!

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Você sabe o que é telemedicina? Aprenda agora!

O termo telemedicina é usado para descrever qualquer prática médica à distância, que ocorre geralmente com o auxílio da internet. Nas últimas décadas, com a popularização dos aparelhos eletrônicos e com o aumento da área de cobertura em rede, a telemedicina se expandiu e passou a fazer parte do dia a dia de muitas clínicas […]
LEIA MAIS

Você sabe como escolher bons fornecedores para sua clínica?

O momento de escolher fornecedores para a sua clínica deve ser de grande atenção. É nessa hora que uma boa pesquisa prévia faz diferença em todo o futuro compartilhado com esse parceiro. Conhecê-lo a fundo é a chance que você tem de fechar uma ótima parceira. Como sabemos que os fornecedores são essenciais para que […]
LEIA MAIS

Veja 5 mitos da telemedicina!

Mesmo com o avanço tecnológico na área da saúde, muitas pessoas insistem em questionar a eficiência de métodos que trazem um diagnóstico médico mais ágil e seguro e, por isso, os mitos da telemedicina acabam surgindo. Sabendo que ainda há muitas dúvidas sobre a eficiência e a segurança dos laudos online e a qualidade da […]
LEIA MAIS

2 comentários em “O que é comodato de telemedicina? Confira os prós e contras dessa modalidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *